<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script> <!-- uz_336 --> <ins class="adsbygoogle" style="display:inline-block;width:336px;height:280px" data-ad-client="ca-pub-2659980373728363" data-ad-slot="7334352839"></ins> <script> (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); </script>

PORTO DOS MORTOS selecionado em quatro festivais dos EUA

Still_01 O longa-metragem gaúcho PORTO DOS MORTOS, produção da Lockheart Filmes de Porto Alegre, participará de quatro festivais norte-americanos entre abril e julho deste ano, a começar pelo Julien Dubuque International Film Festival, com sessões nos dias 5, 6 e 7 de abril. O diretor Davi de Oliveira Pinheiro viaja à cidade de Dubuque no estado de Iowa a convite do evento. O roteiro do longa incluirá ainda neste mês o Crossroads Film Festival (14) em Jackson, Mississippi, e Arizona International Film Festival (26), em Tucson. O filme também integra a seleção do Gwinnett Center International Film Festival, que acontece em julho na cidade de Duluth, Georgia. A produção independente já conta com mais de 40 seleções em festivais internacionais, entre eles o Festival de Cinema de Sitges, Festival de Cinema de Havana e Festival de Cinema Latino de Chicago e já conquistou quatro prêmios internacionais, sendo o último o Prêmio de Melhor Longa-metragem de Horror do Winter Film Awards de Nova Iorque, realizado em março deste ano. Still_07Escrito e dirigido por Davi de Oliveira Pinheiro (que divide a produção com Isidoro B. Guggiana), PORTO DOS MORTOS acompanha a jornada pós-apocalíptica do Policial (Rafael Tombini) que caça um assassino serial místico conhecido como Passageiro (Adriano Basegio). Desde seus primeiros estágio de produção o longa ganhou a atenção da mídia local e internacional, que inclusive rendeu matérias no site da revista norte-americana Fangoria, considerada a bíblia do horror mundial, e ainda, matéria de capa nos suplementos culturais do principais jornais de Porto Alegre na época de seu lançamento comercial, em 2012. Em setembro do mesmo ano, o filme ganhou matéria de duas páginas da revista francesa L'Ecran Fantastique, dividindo espaço com produções de Hollywood. O Ain't It Cool News, considerado um dos sites mais importantes do mundo descreveu o filme como “extremamente inventivo” e “uma experiência única” em sua crítica positiva. Maiores informações podem ser encontradas na página do filme no Facebook.

Still_15

Principais Seleções E Prêmios

45º Festival de Cinema de Sitges (Espanha) – Seleção Brigadoon; 32º Festival de Cinema de Havana (Cuba) – Seleção Cine Fantástico y de Horror en Latinoamérica; 28º Festival de Cinema Latino de Chicago (EUA) – Seleção Oficial; 8º Piriápolis de Película (Uruguai) – Seleção Oficial; 2º Winter Film Awards (EUA) – Prêmio de Melhor Longa-metragem de Horror; 3º PollyGrind Underground Film Festival (EUA) – Prêmio Most Cool; 3º Arizona Underground Film Festival (EUA) – Prêmio de Melhor Longa-metragem de Horror; 5º Montevideo Fantástico (Uruguai) – Prêmio do Público de Melhor Longa-metragem Latino-americano; 2º Hot Media International Film Festival (EUA) – Indicado nas categorias Melhor Roteiro, Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante; 9º Maverick Movie Awards (EUA) – Indicado nas categorias Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Direção de Arte, Melhor Maquiagem FX e Melhores Dublês de Ação; Jaipur International Film Festival (Índia) – Seleção Oficial; ToHorror Film Festival (Itália) – Seleção Oficial; 7º Montreal Underground Film Festival (Canada) – Seleção Oficial (Filme de Encerramento); 1º Portugal Underground Film Festival – Seleção Oficial; 2º South Texas Underground Film Festival (EUA) – Seleção Oficial; 3º Underground Cinema Film Festival (Irlanda) – Seleção Oficial. Lista atualizada: aqui. &nbsp;